20 de nov de 2012

Leviatã por Scott Westerfeld

Leviatã - #1
Scott Westerfeld, autor da série Feios, reinventa aqui a Primeira Guerra Mundial em uma narrativa steampunk. Em lados opostos, mekanistas lutam com aparatos mecânicos movidos à vapor e darwinistas usam imensos animais geneticamente modificados, e adaptados para a batalha. Alek Ferdinand, príncipe do império austro-húngaro, está sem saída. Perdeu seu título e o apoio do povo, restando apenas um imenso ciclope Stormwalker e um grupo leal de homens. Por outro lado, Deryn Sharp é uma jovem plebeia que se disfarça de homem para ingressar na Força Aérea Britânica. Os caminhos dela e de Alek se cruzarão de maneira inesperada, levando-os a bordo do Leviatã para uma viagem que mudará suas vidas.

Autor: Scott Westerfeld
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501097583
Páginas: 365
Nota: 

Todo mundo sabe que não preciso de muitas experiencias diferentes para adicionar um autor para minha lista de favoritos ou odiados. Depois de Feios, nunca escondi que meus sentimentos por Scott Westerfeld eram, digamos, bem desagradáveis. Eu não gosto do autor, não entendo sua mentalidade esquisita e torço o nariz para seus livros. Mesmo assim, honrando o título brasileiro de insistente, quis ler Leviatã. Me surpreendi, gostei e a vida perdeu o sentido.

Já ouviu falar de steampunk, o "novo" subgênero de SciFi que vai virar sr. best seller do The New York Times? Ele mistura passado e futuro, adicionando tecnologia super avançada em antigos momentos da história da humanidade. Leviatã é nessa ideia, com muita modernidade durante a primeira guerra mundial. Meu lado vestibulanda foi atraída por esse fator, e é muito legal ver um lado diferente daquilo que conhece do entediante livro didático de história desprovido de diálogo. Mais steampunk na vida, pfvr.

Os personagens principais são Alek, filho do Arquiduque austro-húngaro Francisco Ferdinando, e Deryn, que se disfarça de garoto para entrar para a Força Aérea Britânica, e eles estão naquele momento de tensão antes da guerra explodir. A estrutura por trás dos personagens deve ser bem montada, e foi. Muito da personalidade dos personagens é baseado no seu passado, o que fez de Alek bastante arrogante e Deryn mais inteligente e corajosa. Nem preciso dizer qual foi meu personagem favorito, não?

Não tenho mais uma opinião formada e certificada do autor, mas mesmo assim, continuo achando suas criações um tanto exóticas demais (sim, sou implicante). A Europa é dividida entre makenistas e darwinistas,  nomes bem literais para designar qual seu instrumento principal de guerra: máquinas super potentes ou criaturas geneticamente modificadas. Por um momento, fiquei bem perdida com lagartos gigantes que falam, mas depois acostuma e até acabei virando team Darwin.

Foram quatro estrelas, não consegui dar nota máxima pela demora até o livro me prender e o quão chato Alek conseguia ser (e também porque sou orgulhosa, ignore). Leviatã é uma experiencia literária nova e empolgante, que mistura muitas coisas e precisa ser bem embasada. Gostei que, no final, o autor tenha diferenciado o que era ficção e não, poupou algumas horas no Google. Depois disso, acho que até posso dar outra chance para Feios... Er, acho que não. Mas Leviatã eu recomendo.
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

14 comentários:

  1. Não li nada do Scott Westerfeld ainda...Confesso que Feios não chegou a me chamar muito a atenção...Mas com Leviatã parece que vai ser diferente! Eu adoro steampunk *-*
    E como assim um dos personagens principais é uma garota inteligente e corajosa que quer entrar para Força Aérea Britânica? Porque eu ainda não li esse livro? O_O
    hahaha
    Gostei bastante da resenha! :)

    ResponderExcluir
  2. Gostei da resenha, não tinha lido nenhum sobre o lvro ainda.
    Achei a capa dele muito linda. Gostei da história tbm, o livro aborda o tipo de história que gosto de ler.
    Acho super legal ler livros assim, que aborda temas diferentes.
    Bjos...

    ResponderExcluir
  3. não gostei da serie Feios, mas me interessei por este livro dele. ainda não conhecia, nem tinha ouvido falar ;o

    ResponderExcluir
  4. Quando a gente pega birra com o autor, é difícil voltar atrás mesmo! Eu te entendo.
    Cara, que doideira este novo gênero. Mas pelo menos não é sobre vampiros (rsrs.. aqui está a minha birra!). Na realidade, você tem razão, a história escrita nos livros escolares é enfadonha. Nada como um pouco de evolução, modernidades e tecnologia para dar uma animada.
    Não sei se leria um livro assim, parece muito a frente do meu tempo! rsrs. Quem sabe um dia!
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Quero muito ler Feios, e esse outro livro parece ser interessante e diferente...
    Mas já gosto muito do trabalho do Westerfeld e sei que qualquer tema que ele pega para escrever ele arrasa. Adorei a ideia desse livro, já estou muito ansiosa para ler. Ótima resenha.
    bjim

    ResponderExcluir
  6. Estava super curiosa pra ler essa resenha. Tenho "Feios" mais ainda não li, então não tenho opinião formada sobre o autor, mas acredito ter ouvido mais elogios do que criticas para sua série anterior. Gostei muito da proposta steampunk da série e a divisão e luta entre animais e máquinas, mas decidi que só vou comprar séries quando todos os volumes forem lançados, e quando isso ocorrer certamente irei comprar. Não podia deixar de elogiar a capa, é muito linda. Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  7. Eu ainda não li o livro, mas quando li a sinopse juro fiquei empolgada.
    eu não li nenhum livro do Scott Westerfeld.
    Mas achei Leviatã muito bom. A Capa é bem diferente, com muitas cores . Achei muito linda *-*
    E a sua resenha me incentivou mais a leitura.
    Agora eu preciso ler esse livro. hehe
    Parabéns pela resenha.
    Beeijos

    ResponderExcluir
  8. Eu não sou mto fã desse genêro,mas vlw a dica.Bjs

    ResponderExcluir
  9. Nunca li nada do Scott, mas não leria Leviatã, não bate sabe? rs. Assim, gostei da resenha, essa temática máquinas x animais modificados chama muito a minha atenção, mas mesmo assim tenho certeza que a leitura empacaria bem no começo e não andaria jamais.
    Mas com certeza eu leria a série Feios, ou pelo menos o primeiro livro da série para ver se vale a pena continuar.

    ResponderExcluir
  10. Fiquei um tempo olhando a capa O.o, tentando entendê-la kkkkkk
    Já li algumas resenhas a respeito do livro e parece ser bom.

    Bjos

    IsA L.B

    ResponderExcluir
  11. Estou morrendo de vontade de ler esse livro!
    Só vejo resenhas boas dele *-*

    ResponderExcluir
  12. Embora a capa não tenha me atraido de primeira, talvez essa história seja melhor do que imaginei.

    Vou apostar o/

    ResponderExcluir
  13. Apesar da capa estranha, a história é bem interessante, nunca li nada desse autor e tenho vontade de conhecer esse estilo steampunk!

    ResponderExcluir
  14. Muita gente que não gostou de Feios curtiu Leviatã, o que me deixa empolgada, pois quero ler esse livro por mais que demais sõ haha

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!