21 de ago de 2012

Amada Imortal por Cate Tiernan

Amada Imortal - Amada Imortal #1
Primeiro livro de bem-sucedida trilogia, mistura fantasia sobre imortais a uma história moderna de jovem em busca de si mesma e de redenção. Questões de identidade e moralidade aparecem na trama, protagonizada pela imortal Nastasya. Nascida em 1551, acostumada a beber e sair para baladas cada vez mais loucas, ela perdeu o rumo. Suas conexões com outros imortais, interessados apenas em suas habilidades mágicas, a fazem partir em busca de um propósito. E o encontra em uma espécie de clínica de reabilitação para os de sua espécie, onde conhece um pouco mais sobre o próprio passado e cria importantes laços para o futuro. 

Autora: Cate Tiernan
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501092656
Páginas: 280
Nota:

Com toda aquela overdose de vampiros nos últimos anos, não faltaram versões e teorias sobre os seres sanguessugas. Em todas, a característica mais batida deles (além da sede por sangue e amor impossível, claro) é a imortalidade. Não é para menos que quando me deparei com Amada Imortal, lançamento da Galera Record, imaginei que tinha nas mãos trezentas páginas dos seres pálidos que, com sorte, não brilhariam no sol. Surpresa!

A mitologia apresentada pela autora é novidade. Quer dizer, mais ou menos. Os seres que fazem parte do mundo de Nastasya são praticamente humanos - só não podem morrer e tendem a mexer com magick. Apenas isso. Toda a história por trás disso, as explicações e tal, fazem parte do passado da protagonista e é o grande impulsor do enredo. O mistério que Nasty guarda é a graça de tudo.

Outro plot principal é o amadurecimento da protagonista. São mais de 450 anos de vida, Nastasya já viu muita coisa, passou por muitas outras. Em outras palavras: ela já viveu o suficiente para achar que se fechar em uma bolha particular é a melhor opção. E aí está. Tudo começa quando ela percebe o que está acontecendo, que está sendo tão indiferente com a vida que seu lado mau está dominando. Essa característica da protagonista é irritante, você tem vontade ir lá e sacudi-la até criar emoções na criatura. Não é porque é imortal que Nastasya pode ser tão blasé.

Desde o primeiro momento, o romance foi algo clichê, mas não previsível. Você sabia que Nastasya gostava de Reyn, praticamente um deus viking, e que as chances para o sentimento ser recíproco eram altas. Entretanto, os dois são muito complicados, nenhum faz força para colaborar, tantas palavras não ditas e silêncios preenchidos com olhares raivosos. Isso cansa. Depois aparece a autora com uma bomba, gritando para você "dorme com essa agora, leitor". 

Tiernan escreve bem e foi bastante criativa ao formular sua nova mitologia (pelo título, tive medo de reencontrar algo do estilo Os Imortais de Alyson Noël, blergh), e acabei me surpreendendo. A autora fez a ótima escolha  de narrar em primeira pessoa, usando toda sua inesgotável fonte de ironia e tiradas inteligentes. Nastasya ou Cate, tanto faz, tem sempre uma piada irreverente pronta pra sair por ai espalhando humor negro.

Amada Imortal se mostrou uma ótima surpresa em vários sentidos, e eu adorei. A escrita da autora é inteligente, sagaz, o pano de fundo é interessante e teoricamente novo, e se não fosse a grande muralha em volta de Nastasya, cinco estrelas seriam certas. Recomendo.
Bjs,
Para vc que ama, Girlie Poderosa

8 comentários:

  1. Quando vi sobre Amada Imortal, também pensei que seria algo com vampiro. E também tive medo de ser parecido com Os Imortais da Alyson.
    Eu sempre tenho um certo preconceito com protagonistas femininas mas, com essa, creio que vai ser diferente.
    Lista de desejados, com certeza.

    Luiza Helena Vieira
    Obsession Valley
    http://obsessionvalley.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha, e fiquei com bastante vontade de ler o livro! Acho a capa dele muito linda, cheia de mistérios! Tomara que não seja algo tão clichê, e que tenha talvez um pouco de originalidade, o que falta em alguns livros hoje em dia!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela resenha Joana! Estou ansiosa para ler Amada Imortal! Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito da resenha mana e minha curiosidade para ler o livro esta cresecendo muito porque ate agora so tenho visto otimas resenhas e bons comentarios sobre o livro ! Acoq eu esse final de semana eu compro esse livro ! ^^

    ResponderExcluir
  5. Eu já estava mega necessitada deste livro e aí você escreve uma resenha dessas e me deixa desesperada! O.O A capa já é linda, e se é tão bom como você diz, tenho certeza que entra pros meus favoritos.
    bjim

    ResponderExcluir
  6. Fiquei curiosa desde quando vi a capa, que achei linda! E ainda nem sabia que era sobre vampiros, que sim, eu gosto de vampiros. Vou adc na minha lista, imensa, de desejados. Bom que ele não tá caro.

    ResponderExcluir
  7. A capa desse livro é linda demais :) Apesar de não curtir muito romances com uma pegada mais sobrenatural, o fato da autora trazer algo diferente me animou pra ler. Fiquei bem curiosa pra saber qual foi a bomba que a autora lançou...

    ResponderExcluir
  8. A capa desse livro é linda, apesar de vão gostar muito de tema sobrenatural..vou me arriscar a lê-lo, fiquei apaixonada pela capa !!!

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!