6 de mar de 2012

Eu sei o que você está pensando por John Verdon

Eu sei o que você está pensando

Uma carta perturbadora chega via correio com uma simples declaração ao final: "Veja como conheço seus segredos - apenas pense em um número." Errará quem pensar que uma carta dessas chega a seu destino final apenas por obra do acaso. Para o detetive aposentado da polícia de homicídios da cidade de Nova York, Dave Gurney, que está formando uma nova vida ao lado de sua esposa Madeleine, as cartas começam a deixar de ser estranhas para se tornarem um complicado quebra-cabeça que levará a uma enorme investigação sobre assassinatos em série. Trazido para o caso como consultor, Gurney em pouco tempo percebe pistas que a polícia local deixou passar. Ainda assim, diante de um oponente que parece ter o dom da clarividência, Gurney vê seus esforços irem em vão, seu casamento rumando a um precipício e, finalmente, um medo incontrolável de que seu adversário não pode ser parado.

Autor: John Verdon
Editora: Arqueiro
ISBN:  9788580410143
Páginas: 340
Nota: 

O último romance policial que eu li foi há seis, sete anos - e só porque eu gostei da capa cor de rosa (não me julguem, eu era muito nova, ok?!). Depois disso, nunca mais me envolvi com o gênero, mesmo achando interessante, não fez mais o meu estilo. Isso até eu conhecer o primeiro capitulo de Eu sei o que você está pensando, e me sentir eletrizada com tão poucas páginas. É... Romance policial não é meu estilo preferido.

Gurney é um policial aposentado com diversos crimes no currículo, e se sente atraído pelo mistério que circula Mark, um velho colega de faculdade. O que você faria se existisse alguem que, supostamente, consegue ler seus pensamentos? Soubesse de antemão o número de 1 a 1000 que você fosse escolher? E conhecesse uma parte tenebrosa de seu passado que você se esqueceu? Mark está sendo ameaçado, imerso em mistérios e precisa da ajuda de Gurney para desvendar tudo isso.

Eu me arrastei durante boa parte da leitura. Mesmo me sentindo eletrizada e curiosa com a solução e o descobrimento de quem estava por trás das provas, demorei para ficar empolgada a ponto de não largar o livro.

O protagonista não é o melhor, Gurney é inteligente e tudo mais, mas faltou um pouco de perspicácia. Descobri quem era o assassino - esse, sim, um personagem interessante -  bem antes dele. Achei que Madeleine, a esposa do detetive, merecia mais destaque, já que boa parte dos pontos foram ligados por ela. 

Não é a primeira vez que falo e não vai ser a ultima: por que essa mania de chegar um momento na história em que o vilão está lá com o mocinho, e conta todo o motivo de suas ações? É tão pouco criativo... Os autores precisam entender que existem modos bem mais interessantes de contar uma história. Sutileza é o que há!

Gostei, mas não é meu livro favorito. A história é boa, o mistério é criativo, e me peguei frustada e assustada em alguns momentos, mas nada de arrepiante e extremamente chocante. Recomendo para os fãs de romance policial, mas quem vai se aventurar no gênero pela primeira vez, não tenho bem certeza se Eu sei o que você está pensando é a melhor opção.
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

5 comentários:

  1. Quero comprar esse livro logo, tbem não sou muito chegada a temas investigativos (policiais), mas eu adorei esse livro desde que vi essa pegada no meio, espero me empolgar com o livro antes que vc se não vou abandonar a leitura kkkkkk.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oii!
    Esse não é exatamente o meu gênero, pois devo ter lido dois ou três livros, porém me agrada bastante! Confesso que achei interessante a história, porém não me convenceu...
    Para mim, o enredo precisa prender do início ao fim e fazer com que o leitor queira saber o que acontece, queria descobrir que está causando problemas, apostar numa ficha e ganhar a menos provável, além de ser justificada no último segundo para que possamos ler o livro inteirinho de novo e ver tudo aquilo que deixamos passar... ENFIM, quando eu encontrar um livro assim, então me tornarei uma apaixonada por romances policiais.
    Esse livro não me convenceu, iniciando pela capa que não chama muito atenção!

    Beijos,
    Samy Aquino (@umalimonada)
    http://samyaquino.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Nossa fiz uma comentário lindo e filosófico da vida e o google ficou de viadagem comigo, agora vou ter que tentar fazer outro. Então, eu gosto de filme de romances policiais e mistério, e o gênero sempre me interessou mas nunca me atraiu ao ponto de eu começar a ler livros desse tipo. Eu só li um romance policial na vida e foi paradidático da escola e mistério só os livro da Sara Shepard, que por acaso eu A-D-O-R-O, e para ser sincera prefiro os livros de The Lying Game que a Rocco vai lançar no final do ano aqui, do que de PLL e eu devo ser tipo, uma das únicas pessoas que acha isso.Eu não me interessei em ler esse livro, tipo a historia não me chamou atenção, não dessas que dá pra saber de cara quem é. Gosto daquela que uma hora você tem certeza qual é o vilão mas na outra acaba sendo uma pessoa completamente diferente. Pois é, um bom exemplo disso é TLG e aquele filme "Enigma de um Crime", assisti pra escola e adorei ele.

    Bem, consegui filosofar de novo tudo que eu tinha filosofado antes, kkk.
    Beijos
    Thaila
    http://onlycrazygirl.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Sou fã de romances, seja nos livros ou nos filmes. História policial pra mim só quando tenho que assistir(obrigada e amarrada) com meu marido. Eu já tinha visto alguma coisa sobre esse livro, acho até que tenho um marcador dele, mas nunca tive curiosidade a respeito. Não é um livro que chamou minha atenção, nem pela capa, nem pela sinopse,e nem pelo título. Não faz meu estilo, mesmo parecendo bom pra quem gosta do genero... Ainda mais nesse estilo, em que demora pra engatar a história, demora demais pra você ficar empolgada com o livro e acaba desanimando tanto a ponto de você querer largar tudo e partir pra outro. Se o protagonista não for bom, não te impressionar, não adianta insistir, tudo vai ser desinteressante.
    Como você deu só 3 estrelinhas eu não vou mesmo me arriscar a ler essa história. Vou continuar com meus romances e esperar a próxima resenha,já peguei várioas dicas de bons livros aqui, porque esse certamente não entrou na minha lista de desejados... Mesmo assim, parabéns pela resenha super realista,gostei, afinal uma boa resenha não é feita somente com 5 estrelas. ^^

    Beijinhos
    @karolyne_so.

    ResponderExcluir
  5. É meio dificil voce quera fazer uma postagem de um comentario na escola com o professor de olho em voce o tempo todo ! o.o Bem para ser cincera eu gosto de romances policiais como filmes ! Eu nunca me aventurei a ler um ! E olha que eu tenho dois aqui em casa so que tempo ainda me falta ! E par falar a verdade nenhum dos meus amigos leitores leram ate agora um livro de romance policial !
    Eu geralmente prefiro aventuras, romances basico,medio e o hot ! E pra falar a verdade eu AMO um romance hot ! Um dos meus preferidos e a caminho na selputulra ! Eu simplismente não vou ler esse livro porque não me chamou atenção ! E um tipo de livro que não pode faltar pra mim é o romance comedia ! Adoro esse tipo de livro !
    Otima resenha !
    beijos !

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!